UOL Carros
 

30/03/2009

Derrapagem

Chega, já para o ferro-velho!

Existem alguns carros que se recusam a partir. O Fiat Mille é um deles. A perua Volkswagen Kombi é outro exemplo. O Peugeot 206 foi alvejado pelo 207 (que é o mesmo carro + 1), mas segue sendo emplacado. Etc. etc.

Em defesa dos modelos citados acima estão os números de vendas. Todos são muito competitivos em seus respectivos segmentos. Ainda são. Até quando?

Está cansado de ver esses carros na rua? Não aguenta mais emparelhar com Ford Courier, VW Gol G4 e Chevrolet Classic no farol? Confira a enquete do site parceiro Interpress Motor e ajude a enterrar o modelo que está fazendo hora extra no mundo!

Escrito por UOL Carros às 16h06


comunicar erro COMUNICAR ERRO

19/03/2009

Derrapagem

Mais barato, mas a que preço?

No evento de lançamento do Livina, realizado na quarta-feira em Curitiba (porque a fábrica fica ali ao lado), o presidente da Nissan Mercosul, Thomas Besson, afirmou que a marca japonesa pretende lançar no Brasil um carro barato, com preço entre R$ 30 mil e R$ 35 mil, e não necessariamente com motor 1.0. A informação foi publicada no jornal Valor Econômico.

Opa, calma lá. O que significa "carro barato"? UOL Carros acabou de testar, lá mesmo em Curitiba, o Livina 1.6. Com cerca de 70% de nacionalização das peças e um motor que é adaptação de outro já fabricado pelo grupo Renault-Nissan, a nova minivan custa mais de R$ 46 mil, contando com IPI reduzido. Para começar nesse preço, não entrega nem ao menos luzinha no espelho do para-sol -- do passageiro, porque no do motorista simplesmente não tem espelho.

A lista de itens que faltam no modelo (inclusive, e principalmente, no quesito segurança) deve ser maior que a dos equipamentos de série... Se você duvida, vá a uma concessionária Nissan e confira a versão 1.6 do Livina (atenção, não é a 1.6 SL).

Bom, a pergunta que não quer calar é: se o carro de R$ 46 mil da Nissan é assim, como vai ser seu carro de R$ 30 mil?

Escrito por UOL Carros às 18h40


comunicar erro COMUNICAR ERRO